Lipa Rima Com Pipa

|by Ana Vougo

Cansada ou esforçada?

 

A minha mãezinha sempre me disse que nasci de pés e meus queridos isto justifica muita coisa. Believe me!

Assim já faz todo o sentido o eu ser a mais calona das calonas.

Há males que vêm por bem e o facto de não engordar nem à base de porrada nestas coisas é uma benção.

Eu odeio, mas odeio mesmo, qualquer tipo de exercício físico. Bom, todo também é exagero. Eu adoro Pilates, amo Ioga e até nem desgosto de Zumba. Mas quando falo em odiar refiro-me àquele tipo de exercício que a malta sua, corre, pula, salta, faz força, abdominais, flexões, remo, aqueles exercícios que deixam uma pessoa a rezar avé marias com medo de morrer ali a meio com um ataque cardíaco.

Acreditem que eu fico cansada só de estar a escrever sobre isto. Só de imaginar o cansaço que a coisa provoca preciso logo de uma pausa de 5 minutos.

Mas tenho imenso respeito pelas pessoas que praticam desporto, que cuidam do corpo, que têm cuidados com a alimentação e tudo o que engloba o ser-se saudável e ativo. Infelizmente, comigo, exercício físico só mesmo quando corro atrás do autocarro ou quando tento evitar que a minha cadela corra atrás de um outro patudo. Sou calona mesmo! Não me orgulho…mas sou. E nisto, cada um é o que é. Nada de julgamentos faxavor!

Acreditam que muitas vezes já acordo cansada? Sei que pensam que é tudo um grande exagero…mas antes fosse. Sou mesmo a rainha das preguiçosas.

Amo as pessoínhas que são super organizadas, que têm um dia de 24 horas como eu, que trabalham (o que não é o meu caso de momento), que têm filhos, que têm vida social e mesmo assim não deixam de ir ao ginásio.

Acordam super cedo e faça chuva ou faça sol, vão direitinhos ao ginásio fazer o treino do dia. Tenho orgulho em vocês pessoas ativas!

Adorava ter essa motivação toda…mas a bem da verdade também gostava de ser rica e acordo todos os dias tão pobre como me deitei.

Já eu, sou aquele tipo de pessoa, que quando está a trabalhar, acorda depois do alarme tocar umas 5 vezes (no mínimo), faço um esforço surreal para sair da cama, tomar banho, lavar dentes, cuidar do rosto, maquilhar, vestir-me e fazer de tudo para não me atrasar!!!

Nota Importante: Amigos, atrasar é que não. Se há coisa que me tira do sério são atrasos. Eu cá bem devo ter costela inglesa, só pode.

Continuando…

Subir um lance de escadas “sabe-me” a promessas que não foram pagas, estar sentada confortavelmente e ter de me levantar porque tenho xixi ou fome… é de uma agonia que ninguém merece.

Como calculam, a minha resistência física está a baixo de zero mas isto não era difícil de adivinhar nem para o bruxo de Fafe.

Subir ruas manhosas (usemos como exemplo as do bairro alto) é um sofrimento. Deveria ser considerado crime contra a pessoa calona. É que uma pessoa bem quer andar por lá, mas conforme anda assusta toda a gente à volta porque arfa que nem um gato quando tem bolas de pêlo entaladas na garganta.

Piorando a coisa de vez é juntar o não praticar exercício ao comer que nem um alarve. Comer de tudo tendo em conta apenas as restrições relacionadas ao dói dói dos intestinos.

Digamos, em modo confissão entre amigos, que as minhas pernas são todas elas buracos dignos de livros que ganharam o prémio Nobel da Literatura…em braille. Se não fosse o não engordar, estava ainda mais tramada.

Mas nem tudo pode ser mau! Aqui a menina é viciada em cremes e trata muito bem da pele. Mesmo muito bem! A minha conta bancária que vos diga se assim não o é! Eu é cremes para tudo! E se isto não contar para uma ovação de pé…não sei o que pretendem de mim!

MAAAAAAAASSSSSSSSSSS também vos trago, depois de me queixar por mais de 20 linhas, boas novas.

Agora anuncio-vos um mega “Mudasti”!!!!

Desde que casei e voltei de lua de mel que me comprometi em começar a treinar com o maridão. E minhas amigas e meus amigos, espantem-se (estejam à vontade porque até eu estou parva), porque ando a treinar há 3 semanas todos os dias da semana, hora e meia por dia, e sem nunca desistir.

Reclamo o tempo todo, dou cabo da paciência ao homem, arranjo desculpas esfarrapadas para adiar o inicio de um exercício mas pronto…lá acabo por fazer todo o plano que o meu amor fez para nós.

Não gosto, não tenho paciência, não tenho vontade, não quero…mas prometi-lhe e pronto…ele chama-lhe “couple goals” e a isso eu não resisto, derreto-me toda! Chamem-lhe amor.

Massssssss quanto a comer saladinhas, beber sumos detox, comer muita frutinha, não beber sumos e largar as batatas fritas…isso já são outros 500 e eu cá não prometi nada disso a ninguém.

Agora, só para ver se ajuda alguma coisita, o novo objetivo pós-casamento, é começar a beber água…que eu cá odeio água meus queridos. O D E I O! Mas vou tentar. T E N T A R!!!!!

Entretanto vou imprimir umas fotografias da Carolina Patrocínio, da Rita Pereira, da Cláudia Vieira e da Jéssica Athayde e colocá-las dentro do armário da roupa, no espelho da casa de banho, na porta do frigorífico para ver se isso me faz ganhar alguma motivação.

A ver.

Depois conto-vos.

 

09 Agosto, 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com