Lipa Rima Com Pipa

|by Ana Vougo

Oh se já…

Já ia de novo de férias.

Já sentia a areia nos pés outra vez.

Já ficava “de molho” na água salgada do mar.

Já sentia o sol bem quente a beijar-me a pele enquanto dormia a sesta.

Já voltava a usar o chapéu e os óculos de sol todo o dia.

Já ficava horas a escolher o bikini perfeito.

Já me tornava a besuntar de protector solar (factor 50, como as crianças).

Já voltava a comer bolas de Berlim, com e sem creme, e a lavar depois as mãos no mar.

Já tornava a beber sumos naturais bem frescos depois de um dia de praia numa esplanada qualquer.

Já voltava a fazer caminhadas pela areia à procura de novas grutas.

Já voltava a perder horas à “caça” de conchas.

Já tornava a ficar na praia à espera do pôr-do-sol.

Já tornava a colocar fotografias de “mete-nojo” no Instagram.

Já voltava a ter grandes conversas sobre tudo e sobre nada com quem me acompanha.

Já tornava a rir às gargalhadas só porque sim.

Já repetia as minhas conversas com as gaivotas.

Já regressava aos caminhos percorridos à procura de praias secretas.

Já voltava a correr para a água porque a areia escalda os meus pés.

Já reclamava de novo que está muito calor e preciso de ir novamente à água.

Já ligava de novo para casa para saber se está tudo bem.

Já voltava a sentar-me horas na cadeirinha de praia, tal como as avózinhas.

Já desligava de novo o alarme do telemóvel.

Já tirava o som do telefone e desligava os dados móveis.

Já voltava a viver sem horas.

Já tornava a sair da praia de noite.

Já voltava a fazer isto tudo e muito mais.

Não há nada como voltar onde já fomos felizes. Porque devemos olhar para trás e porque não nos devemos esquecer dos sítios onde criámos memórias. E com quem as criámos.

Porque as fotografias vieram comigo, mas o coração ficou nas praias e nas grutas e na areia.

Porque o tempo não chegou. Porque o tempo voou. Porque me falta tempo para viver sem amarras.

Porque o verão começa e acaba num abrir e fechar de olhos.

Porque não estou preparada para o deixar ir.

Porque ainda nem acabou e eu já estou com saudades.

Porque o meu nome sabe a areia e mar.

19/08/2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com