Lipa Rima Com Pipa

|by Ana Vougo

CAROLINA PATROCÍNIO: O ÓDIOZINHO DE ESTIMAÇÃO

Sim, eu ando um bocadinho revoltada com aquilo que ando a ler nas redes sociais, confesso.

Sinto que quando não há o que fazer, embirra-se.

Ontem saí em defesa da Jéssica Athayde e do Diogo Amaral, hoje venho defender a Carolina Patrocínio.

Eu acho surreal tudo o que se diz e escreve sobre ela. Não acho sequer normal que ela seja alvo de tanto destilar de veneno.

Esta desgraçada virou ódio de estimação e acho mesmo que isto já não muda.

Ela é chamada de Miss obcecada com o desporto, ela é crtiticada pelos ossos salientes no peito. Ela é um exemplo de como ser má mãe porque pratica desporto durante a gravidez, ela é anormal porque não tem uma barriga “decente” quando grávida e agora o pânico, o horror e o drama por ela dar de mamar em biquíni!!!

Senhores, isto é só “marrar” com a miúda!

Lembro-me que criticaram imenso a foto da maternidade quando ela teve a última bebé. Como ousou a Carolina tirar uma foto pouco depois de dar à luz toda linda e maravilhosa, com um ar super sereno e feliz e cheia de anéis e fios? Claramente isso não é próprio de uma mulher que pariu há pouco tempo. Isso não é exemplo que se dê!

Quem é que ela se julga para pôr no Instagram uma foto dessas? Uma foto que mete meio Portugal e arredores a roer-se de inveja dela porque ela se mantém cuidada e faz parecer tão fácil ter filhos. Inadmissível Carol. A menina envergonhe-se e ajoelhe-se sob o milho publicamente.

Vai daí aos “despois”, a Kate Middleton faz o mesmo e, pasmem-se, é normal ela sair em modo capa de revista há rua 7 horas depois de ter o Príncipe Louis porque, ora bolas, ela é da realeza e essa malta tem regras a seguir. A bem da verdade, bem vistas e analisadas as coisas, a Kate é uma vitima das regras. A Carolina é apenas uma exibicionista manhosa com a mania que é melhor que as outras. Sua betinha pretensiosa…

Não consigo. Isto “comixa-me”.

Agora foquemos-nos no horror da fotografia de capa deste post. Mas que badalhoquice é esta de uma mãe dar de mamar a uma filha de biquíni? Então ela não podia tapar a mama? Ela não vê que assim ofende todas as mães?

Esperem lá, que eu não sou mãe, mas serei a única a achar a foto super fofa e amorosa e que não tem nada de mal?

Não vejo a maminha dela de fora. Não vejo o pai a rebarbar-se ao olhar para a mama…

Apenas vejo uma mãe a alimentar a sua filha. Uma foto cheia de amor e carinho onde o marido está ao lado das duas e uma fotografia que grita paz e felicidade. Devo trocar de lentes?

Qualquer coisa que a Carolina partilhe tem que ser noticia má. Não nos esqueçamos que isto é bullying (sim, já falei nisso ontem).

Isto magoa de certeza. Falo por mim, se fosse a Carolina, eu ia sofrer muito ao ler tanta coisa má e feia sobre mim. É porque as pernas são estranhas e arqueadas, porque tem o corpo muito másculo, porque as filhas são gordas e ficam rapidamente super bronzeadas uma vez que não há cá protetor solar para ninguém que ela gosta é de matar as filhas… Isto é o pior que há nas pessoas ao rubro.

A Carolina é julgada apenas por duas coisas: por tudo e por nada.

Imaginam como isso deve ser, no mínimo, cansativo?

Às tantas já é só mais do mesmo mas ainda assim.

Carolina, confesso que não acompanho o teu trabalho e também não sou assim lá muito tua fã, mas sou mulher e sei que isto é feio e não se faz.

Tenho a certeza que não teria a tua elegância se passasse por isto e muito menos teria o teu sangue frio de cagar alto para o que falam de ti. Palmas. És um exemplo.

 

 

 

10 Maio, 2018

 

 

[vc_column][vc_facebook][/vc_column]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com