Lipa Rima Com Pipa

|by Ana Vougo

Juro Juro Juro que já estive mais longe de matar os meus vizinhos!

É certinho certinho que um destes dias aparece a minha cara escarrapachada no “Correio da Manhã” com a seguinte manchete: “Mulher desesperada mata vizinhos nada educados que vivem de noite e dormem de dia e que só sabem fazer barulho sem parar”!

Do fundo do coração: odeio os meus vizinhos de cima. Demónios mal-educados! Ela com cara de vacarrona provocadora e ele com cara de pateta armado em “macho man”, que na verdade faz tudo o que ela quer.

Basicamente estes filhos de satã durante o dia parece que estão mortos mas eis que quando a noite chega ganham vida, qual vampiros mas na versão tão a encher-me de nervos, minhas bestas!

É que não há mesmo respeito. Tenho-lhes um ódio de morte.

Eu não sei se quem está a ler este post sofre do mesmo mal. Se tem vizinhos tão bons (NOT!) como os meus. Mas acreditem que estou a chegar a um ponto em que só me apetece esfrangalhar estes dois anormais.

Resumidamente: eles soltam em mim instintos assassinos.

A senhora dona nariz empinado  só anda em casa de saltos. Chique, muito chique. Ódio, muito ódio!

Depois é todo um arrastar de móveis que por vezes me fazem ter fé que vão com o caraças chatear outras pessoas. Só que não. Continuam por cá. Apenas têm uma grande pancada ou adoram feng shui. Claramente, eu penso que é a primeira opção. E já levo com isto há quase um ano. E eu começo a achar que lhes dá gozo serem tão bestas!

Eu sei eu sei que sou bué “cocó” com barulhos e afins mas vá, quando o homem se irrita e se passa da marmita, é porque o ruído é mesmo à bruta.

Filhos da mãe que não se mudam pá!

Tivesse eu dinheiro e toca de isolar o som destas paredes todas. Mas a coisa é cara, que eu no auge do desespero já pedi orçamentos. Insonorizar a casinha má linda de sempre sai caro e eu não tenho dinheiro para esse luxo. Continuo a achar que eles morrerem ou simplesmente irem dar cabo dos nervos a outros para outras bandas, era como ganhar o euro-milhões neste momento. Mas depois sabe-se lá quem vem para cá e olhem… isto é um desalento!

Mas seja como for, quem me coma a carne que me roa os ossos e “This means War”.

Vamos ver quem verga!

E não esquecer que têm o cú grande e que de cada vez que vão à rua, o bom é não fechar a porta que é para o senhor ladrão ter um melhor acesso ao prédio. Espero que um dia que o senhor ladrão cá venha comece pelo andar deles!

Anormais, parvos, desagradáveis,filhos da mãe, barulhentos de uma figa, cócós!!!!!

Farta deles!

Para terem uma ideia, hoje é Domingo, dia de descanso e silêncio…mas não para eles! Enquanto escrevo este post consigo ouvir o escândalo que eles fazem dentro de casa.

Haja Xanax minha gente…muito Xanax!

E porque pode haver quem não saiba, deixo aqui as indicações da chamada Lei do Ruído. Dá sempre jeito. E por favor, sejam como eu e respeitem os vossos vizinhos. Não sejam como este casalinho mal educado e mal formado a quem desejo tudo o que há de pior nesta vida!

12717549_966155316773316_4871973087688921603_n

3 Abril, 2016

[vc_column][vc_facebook][/vc_column]

 

4 thoughts on “Juro Juro Juro que já estive mais longe de matar os meus vizinhos!

  1. Confesso que não vivo deste mal há algum tempo mas quando partilhava deste mal para mim o pior são os saltos altos.

    Isso e criancinhas a andar de triciclo dentro de casa!

    As essas pessoas só desejo uns vizinhos de cima mil vezes piores que eles.

  2. Tbm sofro desse nal…tenho vontade de tacar fogo nos corpos destas pestes e ficar observando queimar so pra ter certeza que morreram…nunca na minha vida tive tanta vontade de matar alguem…estou vendendo minga casa para nao fazer algo pior…chamo a policia e a situacao piora mais ainda…os outros vizinhos sao totalmente omissos e nao fazem nada

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com