O problema não sou eu. São os outros!

“Ai Filipa tu falas tão rápido!” “Oh Filipa fala mais devagar que não se entende nada do que dizes!” “Podes repetir? Não entendi nada do que disseste…” “Não entendo nada do que esta gaja diz!”   Bom, podia continuar durante horas, mas penso que estes quatro exemplos são a melhor introdução para este meu post. more »

Details