Aviso: Este post contem linguagem forte.   Hoje fui vítima de preconceito. Hoje fui vítima de terror psicológico. Fui humilhada, ofendida (com direito a todos os nomes mais ordinários que possam imaginar) e alvo de ameaças contra a minha integridade física dentro de um autocarro cheio de gente que nada fez. Fui vítima de abuso more »

Share
Details

Diálogo muito semelhante ao que eu ouvi hoje:   Jéssica, a protagonista deste drama: “A sério que tipo pá… aquela gaja é mesmo parva! Achas normal que tipo, ela ande atrás do Rafael mesmo a saber que eu, tipo, gosto dele? Que lata que aquela gaja tem. É mesmo parva né? Tipo, então ela não more »

Share
Details