Lipa Rima Com Pipa

|by Ana Vougo

Se temos um sonho, pelo menos que seja grande

os meus sonhosNo meu caso eu sempre tive um. Sempre foi o mesmo.

Sempre soube o que quero ser, onde quero chegar, o que quero fazer.

A frase “sou feita da mesma matéria que são feitos os sonhos” assenta-me que é um mimo.

Sou de facto feita de sonhos. São os meus sonhos que me movem.

São eles que me fazem lutar e com eles aprendi a nunca desistir. Se desistir deles desisto de mim. Logo desistir não é opção.

 

 

Na adolescência houve ali uma fase em que sabia que queria comunicar só não sabia lá muito bem como o deveria fazer. Pensei muito em ser atriz. Pensei mesmo muito nisso. Cheguei a ir a castings para novelas e tudo. Fascinava-me a ideia de poder ser muitas pessoas sem nunca deixar de ser eu.

Mas não escolhi esse caminho. Aquilo não seriam histórias verdadeiras. Não seriam histórias a partilhar.

Seriam histórias para entreter. Só isso.

Eu queria mais. Queria conversar, fazer perguntas, chegar às pessoas, deixar a minha marca nelas. Deixar que as pessoas me marquem. Mudar o mundo com palavras que gerariam ações. Mudar o mundo. Pelo menos o mundo de alguém. Uma pessoa de cada vez.

Sempre sonhei mais alto que o meu tamanho. Mas bolas, se temos um sonho que ele seja grande.

Eu sempre soube o que quero. Mas há quem não saiba.

Há quem saiba mas tenha desistido e há os que ainda procuram saber o que gostavam mesmo de fazer.

Deixem-me dizer-vos que mais depressa entendo os que ainda andam à procura daquilo que os move do que aqueles que já o sabem, ou sempre souberam, e desistiram.

Conheço pessoas que se sentem vazias porque nunca nada as fascinou. Nunca nada despertou nelas a vontade de sonhar, de fazer alguma coisa, de chegar mais longe, de conseguir. Não há nada que lhes provoque aquele friozinho na barriga. Nada.

Essas pessoas davam tudo para encontrarem uma paixão. Um amor maior que as mova. E tenho a certeza que esse dia irá chegar para elas. Tenho a certeza que um dia se dará o tal “click” e vão perceber que afinal a tal paixão sempre esteve ali…só nunca deram por ela. E eu conheci um caso desses recentemente. Os “clicks” dão-se e é lindo de se ver!

Mas o que eu não consigo mesmo entender são os que desistem. Não quero ser má, não quero ser mal interpretada. Mas faz-me comichão.

Desistir de um sonho? Como? Como é que se faz isso? Porque motivos?

Como é que se chega ao ponto em que nos sentamos e dizemos: “ora bem, tentei e agora já vi que não dá, fico-me por aqui. Desisto.” É porque é mais fácil desistir?

Eu não entendo. Acreditem que não entendo. Há sempre uma solução. Eu sempre ouvi dizer que há solução para tudo menos para a morte. E então? Torno a perguntar: desistem porquê?

Está provada que a razão mais comum de quem abdica de uma coisa ou, neste caso de um sonho, é o desistir por amor.

Ok.

Desculpem… não entendo. Como é que se desiste de uma paixão, de uma motivação, de uma parte de nós por amor a alguém?

Eu amo o meu homem mas nem paga com o meu peso a ouro eu desistia de mim e dos meus sonhos por ele. Também sei que ele nunca iria querer isso. Se isso acontecesse nós nunca iríamos ter um futuro feliz porque, mais tarde ou mais cedo, eu ia culpá-lo. Mesmo que ele não tivesse tido culpa nessa minha decisão, porque a escolha foi minha, eu iria sempre culpá-lo

Sempre ouvi dizer que o amor é louco não façam pouco, mas isto é tudo! Não é pouco!

Quem ama apoia. Incondicionalmente. Vive os sonhos do outro. Acompanha esses sonhos. Motiva.

Não permite que se desista. Motiva, repito.

Então de que vale desistir dos sonhos por amor ao namorado/ namorada e segue de casar e ter filhos de enfiada, viver numa bonita casinha… e sentir um vazio de morte?

Sim, porque esse vazio até pode não atacar logo, mas vai acabar por se manifestar. E depois?

Toca a discutir o tempo todo com a pessoa com quem se formou família por raiva e frustração? Segue-se o divórcio? Mantém-se o casamento pelos filhos? Tornarmo-nos em pessoas amarguradas de mal com a vida que reclamam com tudo e de tudo? Trabalhamos o resto da vida numa coisa que odiamos? Sobrevivemos em vez de viver até ao final dos nossos dias?

Uau…que bonita vida essa. Que escolha mais perfeita.

Eu era incapaz de fazer a minha vida junto de um alguém que não me permitisse sonhar, lutar, voar. Tenho sorte, tenho muita sorte.

Toda a minha vida estive, e continuo, rodeada de pessoas que me aceitam com os meus devaneios e sonhos. Que não mos querem mudar. Que os vivem comigo. Que vibram com cada vitória e que sofrem com cada contratempo. Com as duras derrotas. Mas que me apoiam e me estimulam. Que me dizem “não desistas Filipa”!

Ok…não ter alguém que viva os nossos sonhos connosco não é o que se quer. Mas ainda assim não é motivo para que desistamos deles. Não é! Isso deveria dar mais ganas para lutar. Para vencer e esfregar a vitória na cara da pessoa que ousou duvidar das capacidades de quem sonha! Mas o caminho mais fácil não é de todo esse. É o ceder. O desistir.

Ouçam, não sou a “miss perfeição”, não me tomo como exemplo para ninguém, e não acho que seja a pessoa mais lutadora do mundo. Mas luto de todas as formas que sei. Com todas as forças que tenho. E olhem que com tudo o que já passei, com tantos “nãos” que já ouvi…já tinha bons motivos para ter mandado tudo para as “cucuias”. Mas não consigo.

Vá, aceito que agora possa ter sido mázinha e que tenho que me obrigar a entender que são escolhas e que aquilo que eu acho certo pode não ser considerado certo para o outro. São as escolhas dos outros. Não as minhas. Mas isto “comicha-se-me” e pronto.

Isto tudo porque hoje dei comigo a pensar nisto. Nos muitos que eu conheci e foram desistindo. E nos muitos que conheço e não baixam os braços.

Apenas uma certeza: cada um se deita na cama que faz. Temos que viver com as consequências das nossas opções. Não entendo, não compreendo, mas tenho que aceitar que há pessoas assim.

Há quem não entenda, não compreenda, mas que têm que aceitar que há pessoas como eu.

Fica apenas um pedido para aqueles que têm um nadica de nada de sonho dentro de si: antes de desistirem, lutem. Não desistam só porque sim. Desistam mas com a certeza que fizeram tudo como queriam. Do vosso jeito. À vossa maneira.

E sejam felizes com as vossas escolhas. Como eu sou com a minha.

 

15 Março, 2016

[vc_column][vc_facebook][/vc_column]

6 thoughts on “Se temos um sonho, pelo menos que seja grande

  1. Ler este texto dá que pensar.
    Quantas vezes muitos de nós abandonamos os nossos sonhos dando inúmeras desculpas? Acredito que muitas. Falo por mim.
    Maior problema reside na população, aquela população invejosa que tem raiva e por vezes ódio dos que lutam pelos sonhos.
    Senão lutarmos pelos sonhos só podemos culpabilizar a nós próprios.
    E ter inveja sobre aquele que luta até ao fim não nos trás nada. Apenas desalento.
    Se queremos nos sentir minimamente completos, há que perseguir esses sonhos…..

    Bom texto, digno de boa leitura

  2. Tu tens o sonho, a garra e a determinação!!! Sempre tiveste… mesmo quando éramos miúdas , lá andavas tu com a câmara de filmar do teu pai (na altura só tu é que tinhas permissão para a levar para fora de casa) a entrevistar pessoas pelo bairro e escola… Lembraste? Tenho a certeza que sim!!
    As oportunidades, essas, irão surgir! E eu sei que vais agarrá-las e conseguir!!!
    Por enquanto, venham de lá mais posts para a malta ler, rir e pensar. 🙂
    Beijo grande ***

    1. ai que eu nunca me lembra disso!!!
      tenho de procurar esses videos…valem ouro!! 😀
      o saudoso Fialho Gouveia…a minha estreia foi com ele, lembras-te?
      bons tempos…ja estava escrito!!!!!
      eu hei-de conseguir e contigo a ver!sempre ao meu lado! e por enquanto ficam os post´s!!!!! 😉
      beijo muito grande e obrigada pelo apoio!

  3. Xalipa minha linda, és um orgulho enorme. Tens um coração lindo!
    Espero que consigas sempre ter essa garra r lutar pelos teus sonhos! Mereces tudo tudo de bom!!!! Adoroooo o teu blog. Sabes que sim!
    PS: à tua maneira tenho a certeza que ajudas muitas pessoas! Nunca é “inútil” <3 😀

    1. És uma querida com um enorme coração
      Linda por dentro e por fora
      Das minhas primeiras fãs 😉
      Espero conseguir mm ser útil a alguém.espero mm conseguir ajudar quem de mim precisa
      És das minhas também 🙂
      Bj grande e obrigada pelo apoio <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com